Visitas: 61459221 - Online: 115

Segunda-Feira, 19 de Fevereiro de 2018

CLARETIANO
Rondocap

31/07/2012 19:44:50
      
Rapaz mata professora a facadas e depois tenta suicídio cortando pescoço

Robson Sabino da Silva, 24 anos, foi preso em flagrante após assassinar a professora Nadir Barbosa de Souza, de 47 anos, na cidade de Cacoal. Depois do crime, o rapaz  tentou suicídio, ferindo-se com um corte no pescoço.
 
O caso aconteceu no Bairro Josino Brito, na Escola de Educação Infantil Josino Brito onde, armado com uma faca escondida, Robson invadiu a creche, perguntando na secretaria qual era a sala da professora Nadir e foi entrando. Ao perceber a presença de Robson, Nadir tentou fechar a porta, mas não conseguiu e foi esfaqueada com aproximadamente 34 golpes.
 
Após o crime, Robson tentou fugir, mas os portões haviam sido trancados para que ele não escapasse. Foi então que ele retornou à sala onde estava Nadir, cortou seu pescoço e se deitou ao lado do corpo da professora,  fingindo-se de morto. Socorrido pelo Corpo de Bombeiros, foi encaminhado ao Hospital Unidade Mista, onde os médicos disseram que o corte era superficial e que o homicida estaria fingindo.
 
Do lado de fora da creche muitos populares estavam revoltados com a situação e uma das preocupações da polícia era justamente com a segurança de Robson. A PM, que tem o dever de preservar a integridade física do acusado, escoltou com motocicleta a viatura do Corpo de Bombeiros que transportou o homicida.
 
Robson foi atendido pelo médico, recebeu os curativos e foi encaminhado à delegacia. Em entrevista à imprensa, o jovem demonstrou frieza e, sem remorso, falou que ontem ela (Nadir) havia registrado uma ocorrência pedindo uma medida protetiva contra ele. Teria dito que era para “ela ir agora lá à delegacia registrar mais queixa contra ele”.
 
Nadir havia registrado ocorrências na delegacia contra o ex-namorado, todas por ameaça -a última foi no dia anterior ao crime.
 
Na sala onde aconteceu o crime estavam aproximadamente 10 crianças com idade entre 6 meses e 2 anos, mas todas dormiam e não perceberam a violenta ação contra a educadora.
 
O Secretário Municipal de Educação de Cacoal, Carlos Rodrigues, decretou luto oficial e os servidores retornam às atividades a partir de quinta-feira. No estabelecimento onde aconteceu a tragédia as aulas só voltam ao normal na próxima segunda-feira, 6. A Secretaria de Educação também está com suas atividades suspensas até quinta-feira.
 



Fonte: Portal 364
Autor: Da redação


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2018. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Segunda-Feira, 19 de Fevereiro de 2018
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871