Visitas: 56888995 - Online: 157

Sexta-Feira, 24 de Novembro de 2017

CLARETIANO
LEO





04/04/2013 17:58:56
      
Revelados nomes de culpados por medicamentos vencidos no Hospital Regional

Terminou agora a pouco, na Prefeitura de Vilhena, a reunião da comissão que investigou a presença de medicamentos vencidos no Hospital Regional. O grupo, composto por cinco pessoas, trabalhou durante quase dois meses, ouvindo servidores e analisando documentos na maior unidade de saúde da região. Todos os membros desta comissão ocupam cargos comissionados na administração municipal.
A apreensão de medicamentos vencidos no HR provocou grande desgaste para o prefeito Zé Rover (PP), principalmente após uma manifestação desastrada dele sobre o assunto, argumentando que o uso de soro com prazo de validade expirado não faria mal à saúde humana.
De acordo com a comissão, 11 servidores devem ser responsabilizados pelo problema. Em um único caso foi recomendada a demissão, enquanto os demais sofrerão punições mais brandas, como a anotação da suposta falha na ficha funcional e a suspensão do trabalho por dez dias. No caso da demissão, o enfermeiro-chefe do HR, Edson Neves, sua dispensa será apenas do cargo de chefia. Ele continuará trabalhando no hospital, porém, sem a função gratificada, que aumentava seu salário.
Entre os punidos está também o diretor do Regional, Adilson Vieira Rodrigues, que será penalizado apenas como uma advertência em sua ficha funcional. “Por ser diretor geral hospitalar, servidor ocupante de cargo que detém atribuições de mando geral no nosocômio”, diz a justificativa para a punição.
E AGORA? – Como a comissão tem poder apenas para sugerir as punições aos servidores apontados como culpados, caberá ao prefeito decidir se vai aplicá-las ou não. O relatório contendo tudo o que foi apurado será encaminhado ao Ministério Público, a quem caberá propor eventual ação penal contra os acusados.

 

OUTROS SERVIDORES APONTADOS COMO CULPADOS E AS PUNIÕES SUGERIDAS:

 

Maria das Dores Sanches Justiniano, técnica de enfermagem, que teria administrado o soro vencido em paciente, sem observar o prazo de validade. Pena: suspensão de dez dias;

Jucicléya Moraes Keppe, enfermeira, coordenadora da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde foram encontrados medicamentos e insumos vencidos. Pena: advertência em ficha funcional.

Jazânya Feltrin, Amarília Cisne Uchoa, Saulo de Tarso Farias de Oliveira e Danielli Mazutti, enfermeiros que atuaram em setores onde foram encontrados medicamentos e insumos vencidos. Pena: advertência em ficha funcional.

 

Shaiane Lima Moura e Claudimara Simionatto, farmacêuticas que não realizaram o controle dos medicamentos que deveriam ser devolvidos a fim de evitar a formação de estoque de medicamentos e insumos em locais inapropriados. Pena: advertência em ficha funcional.


Maria Rosileya Moreira de Souza, coordenadora da farmácia hospital assumindo atribuições de chefia. Pena: advertência em ficha funcional.



Fonte: FS
Autor: Da redação


teste











Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Sexta-Feira, 24 de Novembro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871