Visitas: 44150878 - Online: 83

Sábado, 29 de Abril de 2017

Ultrasonografia
BIOCAL






16/01/2014 09:51:08
      
Vilhena vai ganhar centro para atendimento de dependentes químicos

Para fortalecer o programa de reabilitação psicossocial e multidisciplinar a pessoas com problemas de dependência química e a familiares, o “Governo da Cooperação” planeja a construção de mais três Centros de Referência em Prevenção e Atenção a Dependência Química (Crepad) em Ariquemes, Cacoal, e Vilhena. Durante reunião da Agenda Integrada de Resultados (Agir) na última terça-feira (14), o governador, Confúcio Moura foi informado do andamento do processo que prevê a criação desses centros no interior.
O projeto dos novos centros foi desenvolvido pelo Departamento de Obras e Serviços Públicos (Deosp) e está orçado cada um em torno dos R$ 3 milhões. “Além da construção, está incluída toda a compra do mobiliário e instalação da Tecnologia de Informação  (TIC)”, informa a pedagoga e coordenadora da Sepaz, Tereza Sabino.

O processo licitatório deverá acontecer no mês de março. Após a assinatura da Ordem de Serviço pelo governador Confúcio Moura, as obram se iniciam com prazo de 120 dias para finalização. Cada Crepad atenderá a cerca de 300 pessoas diariamente em situação de abuso e dependência química.

Outro trabalho é o de abordagem dos dependentes e familiares, num total de 60 por dia. “A necessidade nos fez abrir os olhos para essa doença que é a dependência química, que assola todo o país, e Rondônia não é diferente. A Superintendência da Paz (Sepaz) setor criado exclusivamente para cuidar desta área vem trabalhando diretamente com essas pessoas”, disse o governador Confúcio Moura.

A coordenadora da Sepaz, Tereza Sabino, explica que a criação do Crepad é um projeto genuíno do Governo do Rondônia, que viu a necessidade de ampliar os trabalhos da instituição junto à comunidade dependente de drogas ilícitas. Outro foco são os familiares que passam a ser vítimas em razão da convivência. “Percebemos que os trabalhos deveriam ser feitos não somente com os usuários, mas extensivo às famílias que passam a ser atendidas por nós”, informa.

Em Cacoal o governo também prevê a criação de um centro de acolhimento somente para as mulheres.

CREPAD

A proximidade com a Bolívia e o Peru, países que mais produzem cocaína no mundo, aliada às fronteiras desguarnecidas do Brasil, tem surtido efeito direto para o aumento do consumo de drogas entre jovens e adultos. 

O Centro de Referência em Prevenção e Atenção à Dependência Química (Crepad) é uma unidade de referência implantada pela Superintendência da Paz (Sepaz), a pedido do governador Confúcio Moura. A proposta é garantir que o dependente acesse a rede de serviços, seja acolhido e tenha a motivação necessária para permanecer em tratamento, aderindo com efetividade às metas propostas. Dentre os quais o oferecimento de atendimento psicossocial e multidisciplinar; encaminhamento de dependentes químicos e seus familiares  à rede de atenção; assegurar condições para o acolhimento, recuperação e a reinserção social do dependente; além da busca ativa, abordagem de rua e atenção domiciliar.  Porto Velho já conta com um centro que fica na rua Rafael Vaz e Silva, 3041, Bairro Liberdade, antigo Hospital Infantil Cosme e Damião. Informação pelo fone (69) 3216 2963.

 



Fonte: Decom
Autor: Emerson Barbosa


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Sábado, 29 de Abril de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871