Visitas: 40801637 - Online: 124

Quinta-Feira, 23 de Fevereiro de 2017

CLARETIANO
BIOCAL






26/04/2010 10:03:14
      
DEPUTADO VILHENENSE DIVULGA NOTA E REBATE ACUSAÇÕES DE EX-ASSESSOR

NOTA OFICIAL

 

 

Recentemente, veículos de comunicação de Rondônia, com base em dados fornecidos pelo suposto pastor evangélico Sandro da Silva Pinto, passaram a publicar matérias que ferem a honra do deputado federal Natan Donadon. Entre outras afirmações levianas, o personagem acima mencionado diz ter quitado despesas pessoais do deputado, usando seu próprio salário e que estaria movendo uma ação de cobrança no valor de R$ 170 mil contra o parlamentar. Diante de tamanha injúria, o deputado NATAN DONADON vem a público prestar os seguintes esclarecimentos:

 

1 – O ex-servidor esteve, de fato, lotado no gabinete de Natan, mas foi EXONERADO de suas funções em virtude de comportamentos anti-éticos;

 

2 – Entre as atitudes que motivaram a dispensa do agora “inimigo” do deputado, está o fato de ele não conseguir manter uma postura condizente com a função que ocupava, envolvendo-se frequemente com bebidas e jogatina;

 

3 – Desde a sua DEMISSÃO, o senhor Sandro da Silva Pinto, que apresenta-se como pastor evangélico, mas não conduz nenhum rebanho, tentou retornar ao cargo, inclusive recorrendo a ameaças contra Natan;

 

4 – Há provas consistentes de que o cidadão acima mencionado tentou EXTORQUIR o deputado, valendo-se de informações confidenciais obtidas antes da revelação de seu caráter e a conseqüente EXONERAÇÃO;

 

5 – O deputado Natan Donadon não se intimida com esse tipo de atitude criminosa e só presta tais em esclarecimentos em respeito aos seus eleitores. Adianta, porém, que enfrentará o servidor EXONERADO no fórum adequado: a JUSTIÇA!

 

6 – O deputado Natan Donadon jamais fez qualquer acordo financeiro com o “pastor”. Eventualmente, em raras ocasiões, quando foi necessário recorrer aos recursos pessoais dele para custear despesas imprevistas, a reposição do total gasto foi feita integralmente;

 

7 – O deputado Natan Donadon usa os próprios argumentos do “líder religioso” para mostrar que ELE MENTE: se em dois anos, seus gastos com despesas pessoais com o parlamentar somam R$ 170 mil e seu salário era de R$ 4.346,43, de que ele vivia?

 

8 – O deputado Natan Donadon estranha que uma ação de cobrança, ainda que indevida,  seja transformada em arma de campanha, como parece ser o caso. Às vésperas do período eleitoral é, no mínimo curioso que uma demanda estritamente jurídica ganhe destaque na imprensa, causando transtornos morais e políticos a quem nada deve;

 

9 – Por fim, o deputado Natan Donadon lembra que em toda a sua história, jamais deixou de honrar compromissos financeiros. Tal afirmação pode ser comprovada, a qualquer momento e junto a qualquer empresa deste Estado. Quem duvida da pontualidade do deputado em relação às dívidas que contrai pode acessar os diferentes organismos de proteção ao crédito para averiguar se seu nome consta nas relações de maus pagadores.

 

 

 

ABAIXO, ÍNTEGRA DA MATÉRIA VEICULADA  PELO SITE www.tudorondonia.com.br

 

 

 

Rondônia: Deputado tinha as despesas pagas com salário de assessor da Câmara

Roupas, hotéis de luxo, transporte, comida. Tudo era pago com o salário do assessor, que desembolsou R$ 170 mil para bancar deputado enquanto este também embolsava as verbas da Câmara.

 

O pastor evangélico Sandro da Silva Pinto, atualmente desempregado, pagou as despesas pessoais do deputado federal Natan Donadon (PMDB) no período de junho de 2006 a outubro de 2009. O dinheiro saiu do salário que Sandro recebia como assessor parlamentar lotado no gabinete de Natan na Câmara Federal, onde recebia mensalmente R$4.346,43 (quatro mil trezentos e quarenta e seis reais e quarenta e três centavos). Ele, contudo, não trabalhava na Câmara. Ficava no município de Vilhena, base política da família Donadon.

Do dinheiro recebido mensalmente dos cofres públicos, parte era utilizado para cobrir as despesas pessoais do parlamentar, através dos seguintes cartões de crédito: VISA  em nome da esposa de Sandro, Marli Amarante dos Santos, e MASTERCARD de propriedade do próprio assessor.
As despesas com manutenção de veículos, aquisição de roupas e quitação de IPVA foram pagas através de cheques pessoais de Sandro da Silva Pinto , emitidos contra a Caixa Econômica Federal, mas tudo com dinheiro que recebia de salário na Câmara.

A denúncia consta de uma ação de cobrança com indenização por perdas e danos morais ajuizada pelo ex-assessor parlamentar nesta sexta-feira, 23, no fórum da Comarca de vilhena, em petição instruída com quase duzentos documentos que comprovariam a “malversação do dinheiro público”. O processo é o de número 004680-51.2010.8220014.

Foi o parlamentar federal rondoniense quem solicitou ao então assessor que pagasse parte de suas despesas pessoais, sob o compromisso de posterior devolução dos numerários respectivos. Entretanto, esse pacto não foi honrado.
Posteriormente, Natan Donadon, segundo a denúncia, falou ao telefone com Sandro , afirmando-lhe que não devolveria nenhum tostão, porque não se sentia responsável por essa obrigação.

Durante mais de dois anos, Sandro gastou de seu salário com Natan Donadon valores que totalizaram R$170.000,00 (cento e setenta mil reais), gastos com aquisição de passagens, diárias de hotéis, roupa, restaurantes, supermercados, farmácias manutenção de veículos, abastecimentos de veículos, entre outras despesas pessoais.

Ao mesmo tempo, o parlamentar federal rondoniense embolsava  valores dos cofres públicos, conforme documentos extraídos do PORTAL DA CÂMARA FEDERAL e anexados ao processo ajuizado em Vilhena.


No período de abril a outubro de 2009, comprovadamente, o deputado Natan recebeu dos cofres públicos federais ressarcimento de suas despesas pessoais, que já haviam sido pagas por Sandro com o salário da Câmara, sem lhe ter repassado um tostão sequer, conforme denunciam documentos inclusos e planilha demonstrativa que integra a ação ajuizada na sexta-feira.

 



Fonte: FS
Autor: Dimas Ferreira


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Quinta-Feira, 23 de Fevereiro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871