Visitas: 39171645 - Online: 120

Sexta-Feira, 20 de Janeiro de 2017

CLARETIANO
BIOCAL





31/10/2016 17:14:21
      
Cidades do Cone Sul devolvem mais de 22 mil embalagens vazias de agrotóxicos

No total, 1.622 produtores rurais devolveram suas embalagens

Durante recolhimento itinerante de julho a outubro deste ano foram recolhidas 22.073 embalagens de agrotóxicos no Cone Sul do Estado, abrangendo os municípios de Cabixi, Cerejeiras, Chupinguaia, Colorado do Oeste, Corumbiara e Vilhena. No total, 1.622 produtores rurais devolveram suas embalagens nessas ações.

O recolhimento itinerante é voltado para o pequeno produtor com até 100 embalagens de agrotóxico para devolver e ocorre, preferencialmente, em locais distantes a mais de 100 quilômetros de um posto de recolhimento.

A coordenadora do Programa Estadual de Agrotóxico da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron), Eutália da Cunha Alves, explica que os produtores rurais têm até um ano após a compra para devolver a embalagem de agrotóxico em local indicado pelo estabelecimento em que adquiriu o produto, ressaltando que o produtor deve fazer a tríplice lavagem nas embalagens rígidas antes de devolver.

Segundo a coordenadora, o sucesso dessa atividade é resultado de responsabilidade compartilhada entre a Idaron, que mobilizou os produtores rurais, fez as atividades educativas e notificou os produtores que entregaram embalagens sem realizar a tríplice lavagem, e a Associação de Revendas de Produtos Agropecuários de Vilhena (Arpavi), que se responsabilizou pela logística do transporte e disponibilizou funcionários para fazer a separação das embalagens.

“Nós só conseguimos tirar tantas embalagens do meio ambiente por causa da parceria da Idaron com a Arpavi”, fala a supervisora Regional de Vilhena, Andreia Lidner. Ela completa dizendo que a Agência está aprimorando os recebimentos e fortalecendo a parceria com a Arpavi, com o objetivo de retirar todas as embalagens vazias do campo.

De acordo com a coordenadora, o modelo de recebimento itinerante com o envolvimento efetivo das associações, implantado na Regional de Vilhena, é o ideal para o recolhimento das embalagens em locais que não possuem postos para a devolução e deve ser estendido para todo estado.

“Tivemos a participação efetiva do posto de recebimento, que representa a associação de revendas, e a implantação de calendário fixo anual, que facilita para o produtor saber quando terá oportunidade de devolver as embalagens”.

O posto de recolhimento de embalagens de agrotóxico em Vilhena é responsável por 60% das embalagens deste produto devolvidas no Estado. De lá, elas são encaminhadas para a Central, em Cacoal, onde são compactadas e enviadas para São Paulo.





Fonte: Foto: Divulgação
Autor: Secom


teste









Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Sexta-Feira, 20 de Janeiro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871