Visitas: 52883677 - Online: 171

Quarta-Feira, 20 de Setembro de 2017

Ultrasonografia
LEO





23/01/2017 14:51:21
      
Residência destruída por incêndio criminoso em Cerejeiras pertencia a casal de idosos

Voluntários pedem donativos para as vítimas do incêndio

Conforme foi noticiado pelo FOLHA DO SUL ON LINE, uma casa foi consumida por um fogaréu em Cerejeiras na manhã de sábado, 21. Segundo já se sabe, o incêndio pode ter sido proposital, ou seja, um ato criminoso. No momento do incêndio, o Corpo de Bombeiros do município chegou ao local, na rua Jô Sato, próximo ao CTG, mas não pôde evitar que a residência, de madeira, fosse quase destruída pelo fogo. A única alternativa dos Bombeiros foi apenas de impedir que as chamas se espalhassem para outras residências ao redor.

Segundo apurações deste site, o acusado de pôr fogo na casa está preso na cadeia pública de Cerejeiras. O caso teria dado início da seguinte forma: o casal de idosos morava na residência, na companhia de um filho. O filho do casal dono da residência teria discutido com um homem, o vizinho. Na discussão, o filho dos aposentados teria dado um tiro neste vizinho, que pegou de raspão.

Na madrugada de sábado, o homem (vizinho) estava internado no Hospital São Lucas, para onde fora levado por amigos devido ao ferimento. Mas, assim que recebeu os primeiros cuidados médicos, o homem fugiu do hospital, vindo direto para casa e, na manhã do mesmo sábado, usando combustível, colocou fogo da residência do vizinho, onde moravam os idosos e o filho do casal, que era alvo da rixa. Ninguém se feriu no sinistro.

A polícia prendeu o acusado em flagrante, e ele continua detido, mas cujo nome não foi divulgado. Assim, o homem passou de vítima de um atentado a bala para acusado do crime de incêndio.

O casal de idosos que moram na casa chama-se José Vicente de Paula da Costa, conhecido como “Dico”, de 72 anos, e Sebastiana Rosa de Oliveira, conhecida como “Taninha”, de 59 anos.

Pelas redes sociais, voluntários pedem donativos para o casal, que perdeu todos os objetos pessoais no incêndio. Veja, abaixo, divulgado pelo Facebook, o pedido de ajuda de amigos do casal.

Gente pra quem puder ajudar 
Deixar as doações na rua Mato Grosso 663 
 E a casa que foi queimada ficava na rua deputado Jô Sato 1299 última rua ao lado do CTG 
Estes são o Dico e a Taninha (apelidos)
Dico
Calcado 38/39
Calça 38 9ou 40
Camisa m
Taninha
Calçado 35/36
Blusa m
Calça 36 ou 38



Fonte: Folha do Sul
Autor: Rildo Costa


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Quarta-Feira, 20 de Setembro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871