Visitas: 49252519 - Online: 219

Quarta-Feira, 26 de Julho de 2017

Ultrasonografia
BIOCAL





14/02/2017 16:45:50
      
Casos doenças sexualmente transmissíveis disparam em Vilhena; sífilis vira “epidemia” na cidade

Aumenta número de homossexuais masculinos que testam positivo

Dados do Serviço de Atendimento Especializado (SAE) de Vilhena revelam: os casos de doenças sexualmente registrados na cidade nestes últimos meses atingiram níveis alarmantes. A sífilis é a que aumentou mais, passando de uma média de 5 para 25 casos atendidos por mês.

Considerando a situação uma grande ameaça à saúde pública, a psicóloga Zilda Golin explica que a sífilis, uma doença antiga, provoca mortes, causa abortos e deixa bebês com seqüelas severas. 

Embora com aumento menor, Aids e hepatites (principalmente as do tipo A e B, os mais agressivos), também vêm sendo disseminadas entre os vilhenenses. O crescente número de homossexuais masculinos da cidade cujos testes dão positivo para o HIV, mostra a urgência de reforçar campanhas de prevenção.

De acordo com o Grupo de Testagem e acompanhamento, que realiza exames rápidos, durante todo o ano passado, foram contabilizados os seguintes registros de casos: Aids (43); hepatite B (54); hepatite C (12) e sífilis (176).



Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Quarta-Feira, 26 de Julho de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871