Visitas: 57890430 - Online: 131

Terça-Feira, 12 de Dezembro de 2017

CLARETIANO
JAURU






17/02/2017 20:23:15
      
Polícia recaptura homem que degolou universitária em Vilhena e que havia fugido de cadeia

Dupla que havia escapado de Pimenta foi presa em Cacoal

Bandidos de alta periculosidade, como definiu o Delegado Regional da Polícia Civil, Arismar Araújo, os detentos Rafael da Silva Costa e Almir Pereira de Oliveira, protagonizaram uma das fugas mais marcantes da história de Pimenta Bueno. Na terça feira (14), os dois fugiram por volta das 15h 30min pulando o muro da Casa de Detenção, correram, atravessaram um rio a nado e ficaram escondidos na mata próximo a ponte, na saída para Cacoal, conforme relatou o próprio Rafael.  

 Agentes Penitenciários, Polícia Militar, Polícia Civil e Seção de Inteligência da PM montaram campana junto à mata, na tentativa de recapturar os perigosos bandidos, porém, eles conseguiram escapar do cerco.

Dando prosseguimento à fuga, na quarta feira (15), os dois foram vistos andando em frente uma distribuidora no bairro Bela Vista, passaram por dentro do Parque de Exposições e ficaram à noite em uma construção próximo ao distrito Itaporanga.

Na quinta-feira (16), foi dia da dupla tocar terror: por volta das 13 horas, os marginais invadiram uma residência localizada entre o posto Itaporanga  e o frigorífico, onde fizeram um casal de refém e roubaram um revólver calibre 22,  juntamente com uma caixa de munição.

A polícia recebeu a denuncia sobre o roubo e se deslocou rapidamente para o local, onde chegou a avistar de longe quando os bandidos se embrenharam na mata. Com a certeza que Rafael e Almir estavam na localidade, os agentes penitenciários, juntamente com a polícia, montaram cerco na região da Linha 36, Setor Tatu.

Um grupo de policiais e agentes entraram na mata, a polícia seguiu os rastros da dupla pela floresta até uma riacho, onde as pegadas desapareceram. As buscas na mata a dentro duraram até o início da noite, quando os perseguidores decidiram apenas monitorar os acessos ao local.

 Ainda na quinta feira (16), por volta das 20:00h, os fugitivos voltaram a atacar: eles saíram da mata, foram até uma residência que fica as margens da BR-364, esquina com a Linha 36 (que dá acesso à Lind’àgua), renderam toda uma família e um amigo que estava na casa. Local onde comeram e beberam antes de fugir levando duas motocicletas e certa quantia em dinheiro. Mais uma vez a dupla conseguiu a façanha de escapar em meio a um forte esquema montado para capturá-los.

Rafael e Almir seguiram com destino a Cacoal. Alternado entre linhas e a BR, eles conseguiram chegar ao município, onde encontraram apoio na casa de uns “conhecidos”.  Os bandidos abandonaram as motocicletas, uma próximo ao Riozinho e outra na cidade de Cacoal. A outra não foi encontrada pela polícia.   

 Através de denúncias e um excelente trabalho das Polícias Civil e Militar, em conjunto com os agentes penitenciários de Pimenta Bueno e a seção de inteligência da Polícia Militar e Civil, Rafael e Almir foram localizados em uma residência no bairro Jardim Bandeirantes, em Cacoal.

A polícia montou o cerco e invadiu a residência, localizando e recapturando os fugitivos. Segundo a polícia, eles não esboçaram qualquer reação, uma vez que a ação da polícia foi rápida e certeira.

Na delegacia de Cacoal, Rafael, que em 2013 matou em Vilhena, com requintes de frieza e crueldade, uma universitária de Pimenta Bueno (lembre aqui), falou sobre a fuga e disse que intenção era sair do Estado de Rondônia.

 Em entrevista ao site Pimenta Virtual, Rafael contou como foi a fuga e como escapou da polícia no mato. Ele disse que os policiais passaram a cerca de 1,5 metros deles, mas que se esconderam em um barranco dentro do riacho.

Disse ainda que não queria ferir ninguém, só fugir, e temia pela sua vida.

No momento da entrevista pode-se observar que os dois detentos estavam com vários arranhões e com os pés perfurados por espinhos, por andarem muito tempo na mata.

O delegado Araújo disse que Rafael e Almir não voltam mais para Pimenta Bueno. Eles devem seguir para outro presídio, mas não precisou qual.



Fonte: Reprodução
Autor: Pimenta Virtual


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Terça-Feira, 12 de Dezembro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871