Visitas: 52883994 - Online: 156

Quarta-Feira, 20 de Setembro de 2017

Ultrasonografia
LEO





20/02/2017 08:04:56
      
Hospital Regional de Vilhena capacita profissionais e busca organizar recepção da unidade

Equipe passou por curso e novo horário de visita será criado para facilitar

Com o início da nova gestão e mudança na direção, o Hospital Regional Adamastor Teixeira de Oliveira, em Vilhena, está passando por reestruturação do serviço em diversos setores. Através de estudo e análise, constatou-se que uma das áreas que mais necessitava de atenção era a recepção, por isso, medidas tem sido tomadas para otimizar o atendimento.

Em discussão com os representantes do serviço social e psicologia do HR, a diretora Graziele Jacob Pimenta, elaborou um plano de capacitação, onde todos os colaboradores que atuam na recepção passaram por treinamento. “A recepção é o primeiro lugar que as pessoas procuram e precisam ser bem atendidas, informadas e encaminhadas ao local correto. Quando alguém procura o serviço hospitalar é por necessidade e não por opção, assim entendemos que devem ser bem acolhidas”, afirmou.

Além do curso, por determinação da prefeita Rosani Donadon (PMDB), a recepção passará por outras mudanças. Estão sendo providenciados uniformes para os servidores do setor para facilitar a identificação dos mesmos. Outra novidade será a entrega de material informativo na admissão dos pacientes, para que possam compreender o funcionamento do hospital, seus direitos, deveres, bem como normas e rotinas, e assim ter um serviço de maior qualidade.

Outras melhorias no atendimento estão sendo estudadas. A direção avalia que poderá incluir um novo horário de visitas no período noturno, para facilitar aos que trabalham. Um controle maior de entrada de pessoas também deve ser aplicado, porque segundo a direção, evita contaminações e ajuda na recuperação dos pacientes internados, além de cumprir normas estabelecidas pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH).

Sobre a infraestrutura do Hospital,  a prefeita ressalta que tem buscado recursos junto ao Governo Estadual e Federal para reforma e aquisição de novos equipamentos. “É um desafio grande, afinal o HR atende pacientes não só de Vilhena e diante da situação que estávamos, leva-se alguns dias para melhorar, por isso contamos com o apoio da população e temos certeza que com boa vontade a situação será transformada e voltaremos a ter atendimento referência”, enfatiza.




Fonte: Foto: Divulgação
Autor: Raquel Gonçalves


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Quarta-Feira, 20 de Setembro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871