Visitas: 56888459 - Online: 167

Sexta-Feira, 24 de Novembro de 2017

CLARETIANO
LEO





07/03/2017 13:34:31
      
Secretária de educação de Vilhena e diretor de escola rebatem denúncias de pais de alunos

Raquel e Jânio vieram pessoalmente à redação do FOLHA DO SUL ON LINE

Visitaram a redação do FOLHA DO SUL ON LINE, na manhã desta terça-feira, 07, a secretária municipal de Educação de Vilhena, Raquel Donadon, e o diretor da escola Progresso, que fica no distrito do Perobal, a 40 km da área urbana, Jânio Saraiva. Os dois educadores vieram rebater as denúncias feitas por pais de alunos da instituição, publicadas horas antes no site. Lembre aqui.

Raquel explicou que adotou o novo calendário escolar, com início das aulas em março e com uma hora a mais por dia, com base na lei. A medida teria sido aprovada pela comunidade escolar atendida pelo colégio Progresso, ao contrário do que acontecia em anos anteriores. “Antes, as aulas começavam em fevereiro, mas metade dos alunos perdia conteúdo em virtude da condição das estradas no período chuvoso. Decidimos que todo mundo vai começar junto na zona rural, para ninguém se prejudicar”.

A secretária também esclarece que, conforme combinado, uma equipe e maquinários da Secretaria de Obras estão há mais de duas semanas na região onde fica a escola, mas não consegue concluir os reparos nas estradas porque as chuvas se intensificaram nos últimos dias.

Jânio desmente a acusação de que a escola está em situação precária. Segundo ele, com a ajuda dos próprios pais, vários reparos e limpeza foram feitos na entidade. “Tenho fotos para mostrar como estava a escola e como ela se encontra hoje”, garante o diretor.

Saraiva e Raquel também informam que a conclusão do novo prédio onde funcionará a escola Progresso ficará pronto no final de abril. “Nós cobramos todo dia o pagamento do que já foi feito, e estamos confiantes que podemos nos mudar no prazo previsto”, diz Raquel.

MERENDA
Tanto a secretária quanto o diretor explicam que, antes de voltarem para casa, os estudantes, que recebem lanches na chegada, consomem almoço completo no intervalo. “Oferecemos arroz, feijão, carne, legumes e frutas”, diz Jânio, ao negar também que algum dos estudantes chegue em casa às 16:00h, como publicado na denúncia.


TRANSPORTE
Raquel pediu compreensão dos pais em relação ao transporte escolar, e disse que levantamentos estão sendo feitos para a contratação de uma serviço de qualidade. Técnicos da Semed estão fazendo medições nas linhas usando aparelhos de GPS, por recomendação do Tribunal de Contas. Com isso, a empresa a ser contratada, e que será escolhida através de pregão eletrônico, deve operar a custo mais baixo e com maior eficiência. “100% dos ônibus terão monitores a bordo”, antecipa Raque, lembrando que em muitos casos atualmente, pais precisam acompanhar as crianças para cuidar delas no trajeto até a escola.

   



Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação


teste











Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Sexta-Feira, 24 de Novembro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871