Visitas: 45389308 - Online: 151

Segunda-Feira, 22 de Maio de 2017

Ultrasonografia
BIOCAL





09/03/2017 12:03:19
      
Mesmo soltos, vereadores não podem ir à Câmara de Vilhena; Donadon deve se licenciar

Grabin e Carmozino precisam lutar por mais um HC

A liberdade provisória, concedida pelo TJ de Rondônia a ex-vereadores e vereadores reeleitos de Vilhena, presos desde o ano passado, não muda a decisão de primeira instância que determinou o afastamento deles. Júnior Donadon (PSD), Carmozino Taxista (PSDC) e Wanderlei Graebin, que se mantiveram nos cargos, continuam proibidos de se aproximar da Câmara Municipal e, portanto, não podem participar das sessões da Casa.

Júnior, que já presidiu o Parlamento, deve deixar ainda hoje o Centro de Correição da PM, em Porto Velho. Graebin, mantido na mesma instituição prisional, e Carmozino, que está na Casa de Detenção de Vilhena, também devem ser soltos, pois o outro mandado de prisão que havia contra eles foi revogado na mesma concessão de HC. Na reportagem anterior sobre o caso, esta informação equivocada foi veiculada no texto. Lembre aqui.

MARTA FICA
A única que não será mandada pra casa neste momento é a vereadora Marta Moreira (PSC), candidata a vice-prefeita no ano passado. Ela está no Presídio Feminino de Vilhena e precisará apresentar novo pedido de HC. A parlamentar não era parte do processo cujo relator era o desembargador Oudivnail Marins. O caso dela está com o também desembargador Gilberto Barbosa, mas como ele já se manifestou pela soltura dos outros, também deve mandar libertar Marta.

Mesmo autorizado a vir para Vilhena, Donadon teria revelado a pessoas próximas que não tem mais interesse em exercer a vereança. Ele estaria estudando se licenciar da função tão logo recupere o mandato, passando a atuar como advogado.

AFASTAMENTO
Embora a decisão do tribunal ainda não tenha sido publicada, advogados que atuam no processo acreditam que a sentença de primeira instância, impondo o afastamento e mantendo os salários dos vereadores, foi mantida. Assim, eles precisarão obter na justiça o direito de comparecer às audiências da CPI que investiga os três, caso o procedimento aconteça na Câmara.



Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Segunda-Feira, 22 de Maio de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871