Visitas: 49379590 - Online: 190

Quinta-Feira, 27 de Julho de 2017

Ultrasonografia
BIOCAL





24/03/2017 13:42:30
      
Servidoras esclarecem incidente entre médico “terceirizado” e grávidas em hospital de Vilhena

Profissional que suspendeu atendimento está com salários atrasados

Estiveram na redação do FOLHA DO SUL ON LINE, na tarde desta sexta-feira, 24, as servidoras Ellen Donadon e Graziele Pimenta, respectivamente assessora de imprensa e diretora de práticas assistenciais do Hospital Regional de Vilhena. As duas vieram dar a versão da unidade sobre um incidente registrado horas antes, quando um obstetra suspendeu o atendimento a gestantes alegando falta de material. Lembre aqui.

A diretora admitiu a veracidade do episódio, mas garantiu que não falta material, como foi denunciado pelo profissional. Segundo Graziele, aconteceu um erro de comunicação. “O pessoal do centro cirúrgico deveria ter informado ao almoxarifado que as luvas e outros materiais haviam acabado, e pedido a reposição”. Ela garante que algumas das grávidas já começaram a ser atendidas para darem à luz seus bebês.

Ellen, por sua vez, antecipa que o comportamento do médico, pelo menos na avaliação do secretário de Saúde , Marco Aurélio Vasques, não foi adequado. Tanto que, em virtude do ocorrido, o profissional, que é contratado pela prefeitura através de uma firma terceirizada, será dispensado.

MOTIVO DO INCIDENTE
De acordo com as informações repassadas ao site, o obstetra estaria sob stress porque não recebe salários há quatro meses. A falta de pagamento, no entanto, se deve a um problema no processo que já vem da gestão passada. A falha só foi corrigida recentemente e os pagamentos à empresa terceirizada estão sendo feitos.

LUVAS
Conforme as servidoras, não faltam medicamentos para atender as gestantes. “E o que eventualmente faltar deve ser comunicado, para que façamos a aquisição emergencial”, diz Graziele.
Em relação às luvas estéreis, Ellen mostrou documento atestando que foram adquiridos quase 90 mil pares, mas que a empresa fornecedora não entregou tudo. “Foram entregas parciais, mas mesmo assim não estão em falta”, esclarece a jornalista.




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Quinta-Feira, 27 de Julho de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871