Visitas: 43450137 - Online: 101

Domingo, 23 de Abril de 2017

Ultrasonografia
BIOCAL


<
-->



28/03/2017 17:14:50
      
Mulher é condenada a mais de 11 anos por tentativa de homicídio contra idoso

Maria Aparecida Laurindo atirou com uma espingarda no homem de 60 anos

 

Foi condenada na manhã desta terça-feira, 28, Maria Aparecida Laurindo, de 36 anos, que em novembro de 2016 tentou matar com um tiro de espingarda Reinaldo Antônio Cantão, de 60 anos, com quem vivia maritalmente.

 

De acordo com os autos, no dia 24 de novembro de 2016, por volta das 20h00, na Linha 90, do Distrito Córgão, em Chupinguaia, a ré se valendo de uma espingarda atirou contra a vítima.

 

O promotor de justiça João Paulo Lopes pediu a condenação da ré por tentativa de homicídio qualificado pelo recurso que impossibilitou a defesa da vítima, bem como a causa de aumento de pena pelo crime ter sido cometido contra maior de 60 anos.

 

Já o defensor público George Barreto Filho reforçou a defesa própria da ré que alegou ter agido em legítima defesa putativa, e na defesa técnica buscou a desclassificação para o crime de lesão corporal ou a condenação por tentativa de homicídio privilegiado com a exclusão da qualificadora.

 

Nenhuma das teses defensivas foi reconhecida pelos jurados que condenaram a ré pelo crime de tentativa de homicídio qualificado.

 

Na dosagem da pena a presidente do Tribunal do Júri, Liliane Pegoraro Bilharva fez uso da causa de aumento de pena pelo crime ter sido cometido contra maior de 60 anos e fixou em 11 anos, 1 mês e 10 dias, sem direito de aguardar recurso em liberdade.

 

Barreto Filho disse após o julgamento que irá recorrer na tentativa de diminuir o tempo da pena imposta.  



Fonte: Folha do Sul
Autor: Rogério Perucci


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Domingo, 23 de Abril de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871