Visitas: 56772125 - Online: 115

Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017

CLARETIANO
LEO





30/03/2017 10:08:15
      
Investigado por CPI, vereador reeleito já redigiu carta de renúncia ao mandato em Vilhena

Júnior Donadon ainda não definiu quando entregará documento

O vereador Júnior Donadon (PSD), que junto com Carmozino Taxista (PSDC) e Wanderlei Graebin (PSC), está sendo investigado por uma CPI instalada na Câmara de Vilhena, já escreveu sua carta de renúncia ao mandato. Com isso, sua vaga deverá ser herdada pela professora Valdete Savaris (PPS).

Júnior ainda não definiu quando oficializará a decisão, mas amigos do parlamentar garantem que ele não reassumirá o mandato, mesmo tendo obtido na justiça, junto com os outros dois colegas, o direito de retornar à Câmara.

O vereador pretende se dedicar a provar sua inocência em relação à acusação, que acabou sendo usada para pedir sua prisão, de que teria recebido terrenos como propina para aprovar loteamentos na cidade. “Ele sequer vota neste tipo de matéria, então, do que é acusado?”, questiona um aliado.

Reconhecendo os estragos que o caso provocou em sua vida pública e familiar, Donadon, que é procurador municipal aprovado em concurso, retomará a função e também se dedicará a cursos na área jurídica. Sobre sua provável mudança para a capital, esse é um assunto ainda não decidido pela família.




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação


teste











Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871