Visitas: 49380480 - Online: 203

Quinta-Feira, 27 de Julho de 2017

Ultrasonografia
BIOCAL





31/03/2017 07:51:57
      
Morre no interior do Paraná, aos 72 anos, o ex-prefeito de Vilhena, Heitor Tinti Batista

Heitor enfrentava problemas cardíacos desde o ano passado

Faleceu na madrugada desta sexta-feira, 31, na cidade de Londrina (PR), o ex-prefeito de Vilhena, Heitor Tinti Batista. Ele tinha 72 anos e, no ano passado, após sofrer um infarto na cidade, precisou ser “ressuscitado”, e depois encaminhado às pressas para Cuiabá (MT). Lembre aqui.

Por causa do problema cardíaco, Tinti ficou vários dias internado numa UTI da capital matogrossense. Nos últimos dias, não conseguia falar e era alimentado por sonda.

Economista, Heitor chegou em Vilhena nos anos 1980. Atuou no comércio, mas sempre militou na política, sendo um dos mais antigos filiados ao PMDB na cidade.

Em 1996, quando Melki Donadon renunciou ao mandato de prefeito em Colorado do Oeste para disputar o mesmo cargo em Vilhena, Heitor articulou e se tornou seu vice. Com a nova renúncia de Melki dois anos depois, para concorrer a governador, Tinti assumiu o comando do município. Enfrentou o próprio Donadon nas urnas no ano 2000, mas foi derrotado.

Considerado um técnico competente na elaboração de projetos, foi secretário de Planejamento na gestão Zé Rover (PP). 

A causa da morte foi uma parada cardíaca. O corpo não virá para Vilhena. Será sepultado em Matinhos (PR). 



Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Quinta-Feira, 27 de Julho de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871