Visitas: 56836707 - Online: 115

Quinta-Feira, 23 de Novembro de 2017

CLARETIANO
LEO



Arte e Cultura


18/04/2017 07:40:32
      
Com documentário sobre índios, vilhenenses recebem prêmio de audiovisual do Governo de RO

Vice-governador fez a entrega da premiação em Porto Velho

 
Os membros do Ponto de Cultura e Mídia Livre Serpentário Produções de Vilhena, Washington Kuipers, Marcio Guilhermon e Andréia Machado receberam o Prêmio Lídio Sohn, promovido pelo Governo de Rondônia através da Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel).

A cerimônia de entrega aconteceu na última quarta-feira (12), no gabinete da Vice-Governadoria, em Porto Velho. O evento contou com a presença do vice-governador Daniel Pereira (PSB), do superintendente da Sejucel Rodnei Paes e do Gerente de Cultura Fabiano Barros.

O prêmio tem como objetivo incentivar a produção artística no campo audiovisual da história e arte recente do estado de Rondônia. Ao todo foram selecionados quatro projetos com o tema “Memória e Cultura Rondoniense”.

Dos quatro projetos vencedores, um é de Vilhena, dois de Rolim de Moura e um de Porto Velho, e cada projeto recebeu R$20 mil para realizar a produção. Os projetos passaram por três etapas, começando com a seleção, verificação das exigências do edital, análise dos critérios por especialistas em cinema e a relevância.

O projeto “Os Nambiquara e o Ritual da Menina-moça” do grupo vilhensene contará com a coordenação do fotógrafo e produtor cultural Washington Kuipers. “Estamos muito felizes com a notícia da premiação, queremos fazer um ótimo trabalho para retratar a cultura local”, disse Washington.

Os produtores culturais de Vilhena receberam o prêmio do vice-governador Daniel Pereira, que ressaltou a importância do trabalho de registro da cultura de no Estado.

Rodnei Paes também ressaltou que é de suma importância contar a história de Rondônia por meio da própria população, que sabe o que vive aqui e tem conhecimento das histórias e dos personagens principais que vivem e viveram contribuindo para ações culturais.

A jornalista Andréia Machado salientou que esta premiação é importante para o grupo, pois vai incentivar a produção da entidade. “Já produzimos vários documentários sobre a cultura local e sempre sonhamos em fazer algo sobre a cultura indígena e agora teremos essa oportunidade”, salientou Andréia.

Já o produtor cultural Marcio Guilhermon informou que a previsão de lançamento do documentário é para o mês de novembro, e que a obra será exibida nos municípios de Vilhena, Pimenteiras do Oeste, Ji-Paraná e Porto Velho. “Além da exibição vamos oferecer oficinas de audiovisual nestes municípios, tudo com objetivo de incentivar a produção de cinema em Rondônia”, falou Marcio.
 
O documentário vilhenense será produzido pelos membros do Ponto de Cultura e Mídia Livre Serpentário Produções em parceria com a Associação Cultural, Educação, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável Diversidade Amazônica (ACEMDA).
 




Fonte: Foto: Divulgação
Autor: Assessoria


teste











Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Quinta-Feira, 23 de Novembro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871