Visitas: 56771985 - Online: 119

Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017

CLARETIANO
LEO





19/04/2017 11:10:53
      
Ferrovia que passará por Vilhena em direção ao Peru volta a ser debatida entre brasileiros e chineses

Ferrovia Transcontinental está orçada em US$ 50 bilhões

Após quase um ano sem ser lembrada, a Ferrovia Transcontinental, que passará por Vilhena e atravessará o Estado de Rondônia, voltou a ser debatida no Senado Federal. A extensão total do traçado da Ferrovia Transcontinental Brasil-Peru, também conhecida como Bioceânica, é de 4,9 mil km. O trecho peruano tem extensão de 1,6 mil km e o brasileiro, quase 3,3 mil km. Ela se inicia em Campinorte, no interior de Goiás, passando pelo Mato Grosso, Rondônia e Acre, até chegar à fronteira peruana, cruzando a Amazônia e os Andes até os portos no Oceano Pacífico. Na direção leste, rumo ao Atlântico, pode se ligar às ferrovias Oeste-Leste e Norte-Sul.

Na terça-feira, 18, o estudo básico elaborado pelo  grupo chinês China Railway Engineering Corporation, interessado em investir no projeto, foi apresentado em audiência pública da Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal. Técnicos chineses sugerem que o trabalho na parte brasileira seja feito em três etapas: primeiro concluindo a Ferrovia Oeste-Leste, comunicando o Centro-Oeste e o Oceano Atlântico; depois levando a ferrovia de Campinorte a Porto Velho, e por último, chegará ao Acre.

CUSTO
O custo estimado da obra é de US$ 50 bilhões. Também conhecido como Ferrovia Transcontinental, o projeto começaria transportando 23 milhões de toneladas de carga, podendo dobrar o volume total em 25 anos. Seriam 5 mil quilômetros de extensão desde Goiás até Bayovar, no norte do Peru.
 



Fonte: Reprodução
Autor: O Combatente


teste











Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871