Visitas: 45590703 - Online: 110

Sexta-Feira, 26 de Maio de 2017

Ultrasonografia
BIOCAL





19/05/2017 08:17:33
      
Em Vilhena, comissionada ganha mais que o dobro de concursada para fazer a mesma coisa

Denúncia foi confirmada em escola da rede municipal

Através de e-mail para a redação do FOLHA DO SUL ON LINE, uma servidora municipal de Vilhena relatou uma situação que, segundo ela, “está causando revolta” entre o funcionalismo concursado: a diferença de salários pagos aos efetivos, que ganham menos da metade dos “portariados” para executar as mesmas tarefas.

A denunciante relatou, para ilustrar o que considera injustiça, um caso que foi comprovado pelo site na escola municipal Castelo Branco. Na instituição, conforme a servidora, havia necessidade de uma cuidadora para atender um aluno especial, mas ninguém do pessoal de apoio aceitou a função, porque a hora extra não compensava.

Então, um professor acabou topando atuar como cuidador, mas acabou não ficando muito tempo na atividade, quando a Semed descobriu que a hora extra dele para atender um único aluno ficaria cara. A alegação da Semed, nas palavras da denunciante, é que o acréscimo, em torno de R$ 1.200, não seria viável.

Para solucionar o impasse, foi contratada uma servidora que, em cargo comissionado, recebe salário de R$ 3.750,00. O problema é que a cuidadora concursada que atua na mesma escola e faz trabalho igual, conforme a denúncia, ganha menos de R$ 1.400,00. “Sabe quanto o professor efetivo da sala desse aluno ganha? Com o reajuste do piso, R$ 1.740 mais ou menos. Isso é revoltante!”, desabafou a autora das acusações que, temendo perseguição, preferiu não se identificar.

O QUE DIZ A DIREÇÃO?
Por telefone,o FOLHA DO SUL ON LINE conversou com a direção da Escola Castelo Branco. A diretora disse que ela mesma solicitou outros dois cuidadores para lidar com crianças especiais. Mas argumentou: não lhe cabe saber quanto cada um ganha em relação à concursada que atende na mesma escola.

“O que eu exijo é que o cuidador trabalhe corretamente. Os que estão aqui não faltam ao serviço e tratam bem as crianças. Tanto eu quanto os pais estamos satisfeito com o trabalho deles”, revelou.



Fonte: Foto ilustrativa
Autor: Da redação


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Sexta-Feira, 26 de Maio de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871