Visitas: 56836530 - Online: 110

Quinta-Feira, 23 de Novembro de 2017

CLARETIANO
LEO





25/07/2017 14:19:37
      
Preço do gado causa reclamações em Cerejeiras, mas produtores acreditam em reação do setor

Produtor afirma que crise econômica brasileira afetou o consumo de carne 

Com um rebanho de quase 100 mil cabeças, o município de Cerejeiras também sente os efeitos da “crise do gado”– especialmente a pecuária de corte. Com o preço de arroba por volta de R$ 118,00 para o boi e de R$ 110,00 para a vaca, valor pago pelos frigoríficos, aos produtores de gado de corte no município não resta outra saída a não ser reclamar.

O FOLHA DO SUL ONLINE procurou saber as razões da queda de preço do gado, mas poucos produtores e profissionais do setor quiseram falar. A maioria apenas comenta “por cima” que a crise atual da pecuária se dá por “uma série de fatores”.

Um produtor de gado de corte macho numa das fazendas de Cerejeiras aceitou falar sobre o assunto, mas pediu anonimato. Segundo esse criador, várias razões explicam o atual cenário da “crise do gado” no município – que, vale ressaltar, é um problema nacional.

“A crise econômica brasileira derrubou o consumo de carne no país. E a nossa carne, embora também seja para exportação, é forte no mercado interno. Cerca de 80 por cento do que produzimos vai para o mercado interno, para ser consumida aqui mesmo, no Brasil. Mas a crise não deixa as pessoas comerem muita carne mais”, disse. 

O produtor ouvido pela reportagem apresenta alguns dados. “Em 2014, o brasileiro comia algo próximo de 40 quilos de carne bovina por ano. Em 2016, o consumo por pessoa no país atingia uma média próxima de 30 quilos anualmente. Ou seja, a crise da pecuária brasileira é a velha máxima do desequilíbrio entre a oferta e a demanda”.

No entanto, o produtor ouvido pela reportagem afirma: “Mas isso é passageiro. O preço do gado vai melhorar”. 

Aliás, esse parece ser o clima de otimismo que existe entre os demais produtores e profissionais buscados por esta reportagem (muito embora eles não quisessem falar publicamente sobre o assunto).



Fonte: Folha do Sul
Autor: Rildo Costa


teste











Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Quinta-Feira, 23 de Novembro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871