Visitas: 56738086 - Online: 175

Terça-Feira, 21 de Novembro de 2017

CLARETIANO
LEO





04/08/2017 07:46:36
      
Com começos e recomeços, Cerejeiras faz 34 anos e continua sendo um município produtivo

Emancipado em 1983, o município se tornou um “polo de grãos”

O município de Cerejeiras celebra 34 anos de emancipação política neste sábado, 05 de agosto. Emancipado em 1983, a cidade tem sido protagonista de diversas forças econômicas que, de certa forma, marcam começos e recomeços de ciclos produtivos.

A primeira força produtiva foi o extrativismo, puro e simples, a partir da década de 1970 até no início dos anos 1980. Neste tempo, retirar madeira e recursos naturais era a atividade que começou a sustentar a vida econômica do município. Dizem alguns pioneiros que a cidade já chegou a ter 60 cerrarias na década de 1980.

Já a segunda força econômica foi o cultivo. A lida no campo, que sustentava uma incipiente atividade empresarial na cidade, começou a marcar a vida produtiva no município a partir dos primeiros anos de 1980. Neste tempo, a pecuária leiteira e a plantação de roça (arroz, feijão e milho), sempre de forma braçal, era a força econômica produtiva que sustentava a economia de Cerejeiras.

A partir da década de 2000, o município entrou na era da produtividade exponencial. As lavouras, antes cultivadas na enxada, agora contam com máquinas de última geração. Os agricultores, que antes olhavam para o céu para ver a previsão do tempo, hoje possuem pluviômetros e banco de dados que registram cada gota de chuva que cai nas plantações. No lugar de leite e da lavoura, agora a soja e o milho – muito embora a produtividade do gado leiteiro e de corte continue tendo força. Além disso, a produtividade rural, que antes sustentava um incipiente comércio, hoje atrai filiais de empresas multinacionais, especialmente as do ramo do agronegócio, pois o município se tornou um “polo do grão” no Cone Sul de Rondônia.

Essa é a história econômica de Cerejeiras durante esses 34 anos. É uma história de ciclos produtivos, que começam e recomeçam – mas nunca param.



Fonte: Folha do Sul
Autor: Rildo Costa


teste











Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Terça-Feira, 21 de Novembro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871