Visitas: 52725399 - Online: 207

Terça-Feira, 19 de Setembro de 2017

Ultrasonografia
LEO





10/08/2017 10:51:22
      
Após período de pragas e preço baixo, plantio de urucum volta a crescer em Corumbiara

Agricultores de assentamentos estão investindo na lavoura

O cultivo do urucum está voltando com força em Corumbiara. Lavouras estão sendo replantadas, as primeiras colheitas já são esperadas e o preço voltou a animar os agricultores – que são, na maioria, pequenos proprietários rurais.

A cultura do urucum foi uma estrela em Corumbiara até 2011 (a foto desta reportagem é daquela época). A planta produzida no município tinha um alto teor de “tinta” e era a mais conceituada do país. Por causa do grão a cidade passou a ser conhecida como “capital brasileira do urucum”.

Mas, desde então, uma doença (praga) começou a atacar as lavouras. As plantações sofreram com um fungo e produtores derrubaram as árvores para dar lugar a outras atividades agrícolas. O preço também não ajudava muito na época, sendo baixo para um produto que é matéria-prima para indústrias de diversos setores.

Agora, no entanto, as lavouras da planta estão voltando. O preço também colabora. No passado, em 2011, o valor era de R$ 3,80 o quilo. Agora está,  na media, a R$ 7,80.

Neste 2017, a produtividade do urucum também anima plantadores. Alguns pequenos proprietários rurais esperam colher 200 sacas neste ano. Outros estão plantando agora para colher futuramente.
Segundo o ex-vereador e ex-vice-prefeito de Corumbiara, João Ribeiro (PT), que incentivou a cultura do urucum quando exercia cargos públicos, a expectativa no município é boa. “A estimativa para o próximo ano é muito animadora, dada a quantia de produtores que estão investindo na cultura com novos plantios.Os assentamentos Nova Vanessa e Vitória da União sempre foram campeões em produção.Mas, agora, com o grande interesse de produtores dos Assentamentos do Complexo de Santa Elina, que contam com terras férteis e novas, a produção deve ser ampliada”, escreveu João Ribeiro numa rede social.




Fonte: Folha do Sul
Autor: Rildo Costa


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Terça-Feira, 19 de Setembro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871