Visitas: 56772339 - Online: 115

Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017

CLARETIANO
LEO



Indústria e Comércio


10/08/2017 15:30:01
      
Friboi faz primeiro abate de animais enquadrados no protocolo Carnes Angus Certificada em Vilhena

Nos últimos três anos, o número de carcaças fora do padrão desejável caiu 36%

Com base no Farol da Qualidade, programa que classifica o acabamento da carcaça em três padrões: Verde (desejável), Amarelo (tolerável) e Vermelho (indesejável), os Estados de Rondônia e do Acre apresentaram uma melhora significativa nos últimos três anos. Além do aumento de 22% no volume de abate no período, as unidades dessas duas regiões se destacaram pela redução do Farol Vermelho, que caiu quase à metade em um ano, de 24% em 2016 para 12,5% em 2017. Na comparação com o ano de 2015, a queda é ainda maior, com a redução de 36 p.p. (de 48,5% em 2015 para 12,5% em 2017).
 
Em relação ao Farol Amarelo, a região apresentou uma evolução considerável: 45% em 2015, 67% em 2016 e 77% em 2017. Já o Farol Verde também demonstra um constante crescimento, com 6% em 2015, 9% em 2016 e 10% em 2017. Esses resultados reforçam a busca dos pecuaristas do Acre e de Rondônia por tecnologias e oportunidades que visam alcançar o padrão desejável da carcaça.
 
Pela primeira vez, a unidade de Vilhena (RO) realizou o abate certificado de animais enquadrados no protocolo Carnes Angus Certificada, que também utiliza ferramentas como o Farol da Qualidade. Entre machos castrados e novilhas, ambos meio-sangue, foram abatidos 270 animais.
 
“Este foi um importante passo dado pela JBS porque representa mais uma fábrica habilitada para produção dos cortes Angus. Foi uma experiência muito positiva. Todos os animais são de alta qualidade e deram origem às matérias-primas para o desenvolvimento de nossos produtos de valor agregado”, explica Bruno Brainer, gerente regional de Originação.
 
Com o abate certificado, os pecuaristas se beneficiam com a oportunidade de produzir melhor e serem remunerados, de acordo com os parâmetros para certificação e qualidade da carcaça, como peso, acabamento de gordura, entre outros. “Os produtores são incentivados a obterem uma boa performance produtiva e, como reconhecimento, podem ser bonificados em até R$ 13 por arroba”, comenta Brainer.
 
O próximo abate está programado para a primeira quinzena de setembro e a companhia já faz planos para o futuro. “Nossa expectativa é aumentar o número de produtores que se encaixam em nosso protocolo, bem como o volume de animais abatidos. Todo time está alinhado e focado em trabalhar para subir cada vez mais a qualidade dos animais nos currais da JBS em todo o Brasil”, finaliza Fábio Dias, diretor de Relações com Pecuaristas.
O pecuarista interessado em participar do abate certificado de Angus deve entrar em contato com o responsável pela compra de gado de sua região para obter informações.
 
SOBRE A JBS
A JBS é uma das líderes globais da indústria de alimentos e conta com cerca de 235 mil colaboradores em mais de 20 países. A companhia possui um portfólio de marcas reconhecidas pela excelência e pela inovação, como Doriana, Friboi, Moy Park, Pilgrim’s Pride, Primo, Seara, Swift, Gold’n Plump, entre outras, que atendem 300 mil clientes de mais de 150 nacionalidades em todo o mundo. Com foco em inovação, essa diretriz se reflete também na gestão de negócios correlacionados, como couros, biodiesel, colágeno, higiene pessoal e limpeza, invólucros naturais, soluções em gestão de resíduos sólidos, embalagens metálicas e transportes. A JBS adota as melhores práticas de governança corporativa e de sustentabilidade em toda a sua cadeia de valor, além de conduzir as suas operações com foco na alta qualidade e segurança dos alimentos e na preocupação com o bem-estar animal.
 



Fonte: Foto ilustrativa
Autor: Assessoria


teste











Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Quarta-Feira, 22 de Novembro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871