Visitas: 56647601 - Online: 179

Segunda-Feira, 20 de Novembro de 2017

CLARETIANO
LEO





31/08/2017 10:09:21
      
Advogado protocola CPI contra Rosani; aliados de prefeita reagem e querem cassar vereador oposicionista

Caso 6 votem a favor, duas investigações serão abertas

O advogado Caetano Neto protocolou na Câmara de Vereadores de Vilhena, esta semana, um pedido para que a Casa instaure uma CPI destinada a investigar a prefeita Rosani Donadon (PMDB). No calhamaço de quase mil páginas contendo as justificativas para deflagrar a investigação, Caetano aponta uma série de irregularidades que configurariam, na opinião dele, crimes de responsabilidade de peemedebista.

Os vereadores ainda não sabem como será o procedimento para que o pedido seja votado, uma vez que é necessário que os parlamentares leiam a papelada a fim de constatar se as denúncias justificam a abertura da comissão investigativa. Pelo Regimento Interno da Câmara, a matéria deveria ser apreciada na sessão seguinte ao pedido.

Caso a decisão seja manter a regra, na mesma sessão também terá que ser votada outra CPI, esta destinada a investigar o vereador Célio Batista (PR), afastado da função por ordem da justiça. Neste caso, o pedido teria sido feito por uma pessoa ligada aos Donadon, que enxergam no parlamentar oposicionista uma “pedra no sapato”. Identificado como Valdecir Carlos Gesza, o autor da solicitação também já denunciou Marcos Cabeludo (PHS), que já está sendo investigado, uma vez que o pedido foi aprovado.

SEM HARMONIA
Na semana passada, o presidente da Câmara, Adilson de Oliveira (PSDB), veio a público pregar “harmonia” entre a prefeitura e os vereadores e garantir que ninguém da Casa cogitava a ação contra a prefeita. Quando a CPI veio à tona, a justificativa é que ela foi protocolada por “gente de fora”, no caso Caetano, considerado inimigo dos Donadon. Lembre aqui.

COMO FICA?
Para aceitar a instalação de uma CPI, é necessária maioria simples dos votos da Câmara. Neste momento, o Parlamento tem 11 edis exercendo mandatos, já que o próprio Célio e Marcos Cabeludo (PHS) estão afastados por ordem da justiça. Assim, com 6 votos, a CPI contra o vereador e a prefeita será aberta.

Clique aqui e confira o resumo das justificativas apresentadas por Caetano para pedir a investigação contra Rosani.



Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Segunda-Feira, 20 de Novembro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871