Visitas: 53063858 - Online: 205

Sexta-Feira, 22 de Setembro de 2017

Ultrasonografia
LEO





01/09/2017 16:30:56
      
Entrevista exclusiva: jovem que teve vídeo íntimo divulgado desabafa e relata drama em Vilhena

Internautas ofendem vítima, ao invés de se solidarizar

É comovente a situação da garota vilhenense de 18 anos que teve fotos e vídeo íntimos gravados sem saber e que agora estão sendo compartilhados em grupos de WhatsApp. O FOLHA DO SUL ON LINE conseguiu conversar com a moça, por telefone, na tarde desta sexta-feira, 01. Enquanto falava do drama que vive por causa de uma mistura de cafajestagem e covardia, a garota chorava e dizia querer ir embora da cidade.

Morando em Vilhena desde o ano passado, após um tempo em Cuiabá (MT), onde reside sua mãe, a garçonete, que é órfã de pai, disse que se sustenta trabalhando desde os 13 anos. Morando sozinha numa casa modesta, a jovem contou o que aconteceu no dia em que as imagens foram produzidas.

Segundo relatou, ela ficou bebendo com uma amiga no início do mês passado (agosto), no shopping. Já era tarde da noite, quando as duas resolveram ir embora. Dois rapazes apareceram e ofereceram carona, mas a acompanhante da garçonete preferiu ir pra casa com um amigo. A partir daquele instante, a garota não se lembra mais de nada.

“Eu pedi para que me deixassem em casa, mas me levaram para outro lugar. Não sei se colocaram alguma coisa na minha bebida, porque realmente não me recordo de nada”, relatou, sem conseguir conter o choro.

No dia seguinte, passando mal, a entrevistada foi atendida no hospital e não conseguiu trabalhar. O rapaz que havia dado carona conversou com ela e revelou o que houve, expondo também a identidade do parceiro. “Eu fiquei com muita raiva, porque não me lembro de nada daquilo”.

Com sinais visíveis de depressão causada pelo episódio, a garota não consegue mais trabalhar e nem sair de casa. Os comentários em seu Facebook agravam o drama. “Só vejo coisa ruim, ninguém se coloca no meu lugar, não sabe o que estou passando. Morro de vergonha, mesmo ciente de que não fiz nada por vontade própria”.

CUIDADO
É bom alertar os internautas que, diante de uma situação que deveria inspirar compaixão e solidariedade, desferem ataques contra a vítima: a lei pode punir tais agressões. O mesmo vai acontecer com quem filmou e divulgou as cenas, que está sujeito a condenação criminal.

É GRAVE
De origem modesta, mas batalhadora, a vilhenense precisará de ajuda psicológica para enfrentar os efeitos da violência. Profissionais do CAPS serão acionados para lidar com a situação e evitar mais danos.

DESABAFO
“Um desabafo e uma reflexão, refletir minha vida....Pensar em tudo de bom que aconteceu dentro desse coração! Saiba que conheci pessoas maravilhosas, capazes de fazer muita coisa boa.. Mas estou tendo que buscar em cada minuto dos meus dias, motivos de alegria e esperança”, escreveu em mensagem no WhatsApp, ao analisar o texto relatando sua história, antes da publicação.




Fonte: Foto ilustrativa
Autor: Da redação


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Sexta-Feira, 22 de Setembro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871