Visitas: 54937797 - Online: 252

Domingo, 22 de Outubro de 2017

VALDOMIRO RODEIO
LEO





30/09/2017 10:15:53
      
Vilhena começa disputa do JIR com chance de medalhas; críticas marcam abertura do evento em Ariquemes

Delegação da cidade nos jogos tem mais de 130 atletas 

Teve início na noite de sexta-feira, 29, na quadra do ginásio Alberi Ferraço da cidade de Ariquemes, a 11ª edição dos Jogos Intermunicipais de Rondônia, o JIR 2017. A abertura do evento foi feita pelo prefeito Thiago Flores (PMDB), que na ocasião lembrou que o JIR faz parte, este ano, da programação que comemora os 40 anos de aniversário do município. O JIR é coordenado pela Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel).

Entre as autoridades presentes estavam o superintendente da Sejucel, Rudney Antônio Paes, os deputados estaduais Léo Moraes (PTB) e Airton Gurgacz (PDT), além de prefeitos da região, vereadores e autoridades militares. A delegação de Vilhena, com mais de 130 atletas, estava presente e representada pelo secretário de Esportes e Cultura, Natal Jacob, e pelo secretário Adjunto, professor Manoel Ayres.

Após o desfile de entrada das equipes das delegações dos seus respectivos municípios, os atletas da modalidade de ciclismo de Ariquemes, Paulo Augusto e Rosangela Cruz, se revezaram na condução da tocha olímpica até a pira, que após ser acesa, marcou oficialmente a abertura dos jogos.

A primeira competição teve início às 9:00h, com a corrida de ciclismo num percurso de 4km sentido Monte Negro. Vilhena, nesta modalidade, tem seis competidores e é uma equipe com fortes chances de conquistar as primeiras medalhas no JIR 2017.

CRÍTICAS 
Se a festa para os donos da casa foi um sucesso, para os convidados, visitantes e participantes dos jogos, a situação foi bem diferente. A primeira reclamação foi quanto ao horário marcado para começar o evento. A Sejucel havia previsto para iniciar às 19 horas, mas o cerimonialista só abriu a programação às 20h50. “Não justificaram para nós o porquê da demora, pois saímos de nossa cidade na madrugada, enfrentamos mais de 11 horas do Cone Sul até aqui”, reclamou uma atleta que preferiu não revelar seu nome. 

Mas, a observação da atleta foi a mesma de outros representantes de delegações numa demonstração de insatisfação. Além, do atraso para o início do evento, o jantar foi em um salão de festas afastado da cidade e de difícil acesso. “A organização não providenciou nenhum guia que nos orientasse e tivemos uma grande dificuldade para localizar onde seria o jantar dos atletas”, disse o motorista de um dos micro-ônibus que conduzia parte da delegação de um dos municípios competidores. 

Porém, o problema mais comentado e criticado na abertura do JIR em Ariquemes foram as condições do ginásio Alberi Ferraço. Boa parte das delegações chegou por volta das 17 horas e a quadra do ginásio ainda estava sendo pintada. Durante a solenidade de abertura, havia um odor forte da pintura recém-aplicada nas paredes e os calçados dos que circulavam dentro da quadra ficavam com o solado dos seus tênis com tintas frescas. A organização não se manifestou sobre a demora na abertura e nem sobre a situação em que se encontrava o ginásio.



Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Domingo, 22 de Outubro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871