Visitas: 56624536 - Online: 118

Domingo, 19 de Novembro de 2017

CLARETIANO
LEO





13/11/2017 18:55:23
      
Covardia: vândalos atacam e ferem garça no Parque Ecológico de Vilhena; ave não deve sobreviver

Secretário denunciou ataque em ponto turístico da cidade

Um ato de covardia contra a natureza e contra os próprios vilhenenses foi descoberto no início da tarde desta segunda-feira, 13: a garça branca que era uma das atrações do Parque Ecológico da cidade ficou gravemente ferida após ser atingida por vândalos e provavelmente não sobreviva. O ataque contra a ave foi desferido no final de semana, o que significa que ela ficou agonizando por mais de um dia.

A garça, que era tão mansa a ponto de vários freqüentadores do parque se aproximarem dela para tirar fotos, foi considerada pelo idealizador do complexo de lazer, o secretário-adjunto de Integração Governamental, Dari de Oliveira, a “primeira moradora” do local. O próprio Dari costumava postar imagens do pássaro em seu perfil no Facebook.

Ao denunciar o ataque, o titular da Semig, Rômulo Azevedo, disse que ainda não foram identificados os autores do crime ambiental. Ele revelou que a garça ficou com as asas dilaceradas e, por causa disso, são mínimas as chances dela sobreviver. 

Ponto turístico que vem dotado de infraestrutura para atrair as famílias de Vilhena, o Parque Ecológico tem se transformado numa opção de lazer na cidade aos finais de semana. Após a conclusão das obras, que incluem uma pista de caminhas, o local será oficialmente inaugurado.

“Após esse lamentável episódio, gostaria de pedir mais prudência das pessoas em relação aos cuidados com o local, principalmente com os animais”, desabafou o secretário.




Fonte: Foto: Divulgação
Autor: Da redação


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Domingo, 19 de Novembro de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871