Visitas: 60303520 - Online: 133

Terça-Feira, 23 de Janeiro de 2018

CLARETIANO

30/11/2017 11:37:44
      
Corumbiara: Polícia Ambiental apreende máquina fazendo desmatamentos em área de preservação

Equipamento foi levado para Semosp de Colorado do Oeste


A policia Ambiental de Vilhena recebeu denuncias de crimes ambientais nas áreas de reservas em bloco dos Assentamentos Zé Bentão (2300 Hectares) e Marantã I e II(1800 hectares), que fazem parte da antiga Fazenda Santa Helina), em Corumbiara. As áreas são consideradas  Reservas Legais dos lotes dos referidos assentamentos que, por não possuírem área de vegetação preservada como reserva, constituiu os imóveis para este fim. 

Na terça-feira, dia 28/11/2017, a guarnição de Polícia Militar Ambiental,  juntamente com uma guarnição do Grupo de Operações Especial (GOE) em operação de combate a crimes ambientais nas áreas de Chupinguaia e Corumbiara, e em específico nas áreas de reserva em bloco dos assentamentos Zé Bentão e Marantã I e II, constatou que o local era alvo constante das ilegalidades (desmatamentos e outros). Quase toda a área havia sido demarcada por invasores, e algumas demarcações já estavam com barracos construídos, além de vários apresentarem rastros de motos, carros, tratores e quadriciclos. 

Em diligências no interior da reserva Zé Bentão, nas coordenadas geográficas S12°49’43,1”W060°48’46,4”, os policiais encontraram diversos pontos de desmatamentos recentes, local onde foi localizada uma máquina Escavadeira Hidráulica (PC) marca Caterpillar, modelo 318D2L, um tambor com aproximadamente 50 litros de óleo e um saco de sementes de capim Brachiara.  Acompanhando o rastro da PC por um carreador, os policiais constataram vários desmatamentos feitos por ela.

No local não foi encontrado nenhum infrator, apenas dois blocos de nota de serviços e uma ficha de controle de horas-máquina no interior da cabine da PC. O papel descrevia as horas trabalhadas, nome do cliente e assinatura deles. Estes dados serão investigados e, se comprovado o envolvimento dos suspeitos, serão responsabilizados pelos crimes ambientais.

Para que a máquina não continuasse cometendo o crime ambiental de desmatamentos na área de Reserva legal, e para futuras investigações por parte da polícia judiciária, foi realizada a apreensão dos objetos encontrados. Por não dispor de logística para retirar os objetos do local, foi solicitado apoio da prefeitura de Colorado do Oeste pra auxiliar na remoção da maquina PC. O equipamento ficou depositado na Secretaria de Obras de Colorado do Oeste. A Pasta será responsável pelo bem, na condição de fiel depositária do bem, até decisão da justiça sobre o caso.




Fonte: Foto: Divulgação
Autor: Da redação


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2018. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Terça-Feira, 23 de Janeiro de 2018
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871