Visitas: 60286650 - Online: 151

Terça-Feira, 23 de Janeiro de 2018

CLARETIANO

15/12/2017 17:12:55
      
Vilhena: rapaz que matou adolescente com caco de garrafa por causa de um par de chinelos é indiciado

Crime aconteceu em 2013; foragido deste então, acusado foi preso em novembro deste ano

A Delegacia de Homicídios de Vilhena encerrou esta semana um caso de assassinato ocorrido no dia 20 de abril de 2013, do qual foi vítima o adolescente Bruno Henrique Silva Oliveira, de apenas 17 anos na época do crime. 

O autor do assassinato, segundo o delegado Núbio Lopes Oliveira, foi Renato Cosme da Silva (FOTO), hoje com 26 anos. No dia do crime, Renato, Bruno e outras pessoas participavam de uma festa em uma casa na rua 610 do bairro Jardim eldorado, nas proximidades da Guarda-Mirim. 

Ao longo da festa, segundo testemunhas, Renato teria cobrado de Bruno um par de chinelos que ele teria lhe emprestado e que não haviam sido  devolvidoa. “As pessoas foram indo embora até que ficaram apenas Bruno, Renato e uma terceira pessoa. Quando esta terceira pessoa já saía, escutou o barulho de garrafa quebrando, olhou para trás e viu Renato atacando Bruno com o gargalo do objeto. Ele desferiu vários golpes que causaram a morte de Bruno”, disse o delegado. 

Foi expedido mandado de prisão à época do crime, mas Renato não foi localizado até o dia 28 de novembro deste ano, quando ele foi preso no Residencial União. Agora na cadeia, aguardando a decisão da justiça, ele disse que apenas se defendeu de Bruno, que o teria atacado com um pedaço de madeira. 

O acusado foi indiciado por homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima.  



Fonte: Folha do Sul
Autor: Rogério Perucci


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2018. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Terça-Feira, 23 de Janeiro de 2018
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871