Visitas: 61459159 - Online: 118

Segunda-Feira, 19 de Fevereiro de 2018

CLARETIANO
Rondocap

31/01/2018 11:53:10
      
Pequeno produtor rural se destaca na agroindústria em Colorado do Oeste e foca mercado vilhenense

Empreendedor se destaca pela qualidade e boas práticas de fabricação 

Um pequeno agroindustrial de Colorado do Oeste está mostrando que é possível produzir com qualidade e agregar valor ao seu produto e, assim, conquistar os consumidores. Sergio Yassuo Ywamoto, descendente de japoneses, começou a produzir leite pasteurizado e iogurte desde 2012 e continua investindo na atividade.

A propriedade, sede da Agroindústria Tomy, fica na Linha nova 1, km 14,5, rumo ao rio Escondido, no município de Colorado do Oeste. 

Recentemente, a empresa conquistou o selo estadual (S.I.E.) do queijo chamado Minas Padrão. “O queijo Minas Padrão da Agroindústria Tomy tem algumas diferenças. Estamos falando de todo o cuidado na sua preparação, porque todo o queijo já tem a sua receita, que não podemos mudar. Mas podemos melhorar no processamento, utilizando as boas praticas de fabricação, e sua manipulação em local apropriado.Também nos seus ingredientes como, por exemplo, a sua principal matéria prima, o leite, que passa pelo processo de pasteurização. Usamos fermento lácteo próprio para o queijo, é feito a salga seca, e com esse procedimento podemos tirar o excesso do sal, pois no preparo da massa nós colocamos a metade do que a receita pede”, afirma o pequeno agroindustrial. E complementa: “Muitas vezes, quando se coloca o queijo em salmoura, é para mascarar a qualidade do leite. O objetivo da diminuição do sal é pensando na saúde do consumidor, pois muitas pessoas gostam de queijo, mas evitam por problemas com hipertensão arterial (pressão alta). E outras pela qualidade de vida, procurando produtos saudáveis. E se o consumidor gostar de queijo mais salgado, ele pode salgar depois, pois o nosso produto permite isso” disse Sergio Ywamoto.

Para fazer seus produtos na agroindústria, o empreendedor também adota um cuidado diferenciado com os animais.  As vacas têm alimentação de boa qualidade, mineral homeopático e os tetos dos animais são higienizados em cada ordenha.

Ainda em 2014, a agroindústria coloradense conseguiu o cobiçado selo SIE (Serviço de Inspeção Estadual). Com esta certificação, o pequeno agroindustrial prova que o seu produto tem procedência e qualidade. Além da agroindústria de derivados de leite, Sérgio também é piscicultor,  e vende para o governo estadual o peixe usado na merenda escolar e para o comércio de Colorado.

Além de investir na qualidade dos produtos, Yassuo investe também num capital ainda mais valioso: o conhecimento. Ele é Tecnólogo em Laticínios e tem uma pós-graduação em Inspeção, Higienização e Tecnificação de Origem Animal. Além dos estudos, o empreendedor viajou recentemente para o Paraná, para conhecer iniciativas semelhantes. Visitou as agroindústrias com o selo de alimentos expedido pelo Estado sulista, reconhecido no Brasil. A viagem foi organizada pelo Sebrae de Rondônia  e patrocinada pela cooperativa financeira Sicoob Credisul.

A agroindústria vende seus produtos através dos programas de governo (PNAE) para escolas, órgãos públicos e também no comércio de Colorado. Mas a intenção do empreendedor rural é entrar no mercado mais competitivo do Cone Sul: Vilhena. “Já estamos entrando lá e tendo boa receptividade”, disse.



Fonte: Folha do Sul
Autor: Rildo Costa


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2018. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Segunda-Feira, 19 de Fevereiro de 2018
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871