Visitas: 61585996 - Online: 139

Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018

CLARETIANO
Rondocap

31/01/2018 16:59:00
      
Diretores de empresa que coleta 60 toneladas de lixo por dia em Vilhena rebatem denúncia de empresário

Vídeo mostrou trabalho de garis; firma explica atuação

Diretores da empresa Limp Serv, responsável pela coleta de lixo em Vilhena, os empresários Antônio Tavares e Alexandra de Almeida, vieram à redação do FOLHA DO SUL ON LINE para comentar a denúncia veiculada pelo site, mostrando a situação dos garis que atuam na cidade.

Tavares explicou que, ao contrário que foi mostrado na reportagem, os trabalhadores dispõem dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) previstos em lei. “O denunciante disse que as botas estavam desgastadas, e é verdade, mas os calçados podem ser usados naquelas condições”.

O empresário disse, ainda, que as máscaras para o uso dos garis são fornecidas e que eles serão advertidos para utilizá-las durante as coletas. “Também fornecemos capas de chuva, porque o trabalho não pode ser interrompido, mesmo na época das águas”.

Quanto aos grandes tambores mostrados no vídeo, Alexandra esclarece que aquele tipo de recipiente não é o adequado para o armazenamento do lixo. “Segundo a lei, o material de descarte deve ser ensacado. A gente acaba esvaziando os galões justamente para evitar queixas”.

Os diretores da Serv Limp também admitem que o trabalho dos garis realmente executam uma atividade insalubre, mas informam: “Justamente por causa disso, pagamos 40% de insalubridade sobre o salário mínimo”.

MONTANHA DE LIXO
A Limp Serv recolhe em Vilhena, diariamente, cerca de 60 toneladas de lixo. A coleta acontece todos os dias, na região central da cidade, no período da noite. Nos bairros, os caminhões passam duas vezes por semana. No setor de chácaras, uma vez a cada sete dias. No distrito de Nova Conquista, o trabalho é realizado uma vez por semana, aos sábados. Já no São Lourenço os caminhões passam a cada 15 dias.

Para executar este trabalho, a firma conta com quatro caminhões-prensa, duas caçambas e uma picape. Uma outra prensa é usada na coleta seletiva.

SAAE FISCALIZA
Tavares finalizou lembrando que toda a atividade de sua empresa é acompanhada pelo contratante, o SAAE, autarquia que exige cumprimento rigoroso das normas sanitárias e ambientais.



Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2018. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Quarta-Feira, 21 de Fevereiro de 2018
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871