Visitas: 42149705 - Online: 85

Sexta-Feira, 24 de Março de 2017

CLARETIANO
BIOCAL


<



27/01/2011 03:32:24
      
Superintendente de Turismo quer transformar Vilhena em estância climática

Aproveitando o feriado municipal em Porto Velho, o superintendente estadual do Turismo, Júlio Olivar, esteve em Vilhena na segunda-feira (24). Na agenda, dois compromissos oficiais: audiência com o prefeito de Vilhena, Zé Rover (PP), e reunião com empresários ligados à Associação Comercial e Industrial de Vilhena (Aciv).

 

A pedido do prefeito Zé Rover, Olivar foi ao Palácio dos Parecis (foto 1) por volta do meio-dia para tratar da parceria entre Estado e Município. Na ocasião, Zé Rover entregou ao superintendente ofícios pedindo R$ 800 mil do Governo Estadual para a reforma da Casa de Rondon e ainda a viabilização de outros recursos para a construção de um portal de boas vindas à cidade, a ser instalado no Posto Fiscal da divisa de Rondônia com Mato Grosso.

 

Quanto ao portal, Olivar propôs que este também fosse um ponto de venda de bebidas e guloseimas fabricadas na região, e de artesanatos confeccionados por moradores do município.

 

“O local serviria igualmente para distribuir aos visitantes folders mostrando os indicativos socioeconômicos e as potencialidades turísticas de Vilhena”, pontuou o superintendente.

 

Ainda na prefeitura, o titular da Setur solicitou cópias do processo de reforma da Casa de Rondon - patrimônio histórico de Vilhena e marco da passagem do Marechal Cândido Rondon pela cidade para a instalação do primeiro posto telegráfico da região. Recebeu os documentos das mãos da secretária adjunta municipal do Planejamento, Sueli Santana Magalhães.

 

A secretária falou das dificuldades em efetivar a cedência do terreno onde está localizada a Casa de Rondon para a prefeitura. “É uma área militar e há resistência da Aeronáutica em liberá-la”, disse Sueli.

 

Para dar celeridade ao projeto de reforma da Casa de Rondon, Júlio Olivar sugeriu ao prefeito Zé Rover uma ação conjunta dos governos estadual e municipal, de maneira a fortalecer a articulação política em Brasília.

 

O secretário municipal de Planejamento, Heitor Batista, participou da audiência.

 

 

Reunião na Aciv

 

Pouco mais tarde, às 15h30, o superintendente de turismo se reuniu com empresários (foto 2) na sede da Associação Comercial e Industrial de Vilhena (Aciv) para ouvir deles sugestões sobre as ações necessárias para o desenvolvimento do setor turístico no município.

 

Entre outros empresários e diretores da Aciv, estiveram presentes no encontro o presidente da associação, José Ivanildo Araújo; o diretor do Sicoob Credisul e vice-presidente da Aciv, Vilmar Saúgo; Nunzio Grasso, representante do setor hoteleiro; Cleivo Baldin, dono de agência de viagem; o ex-senador Chico Sartori; o secretário municipal de Indústria e Comércio, Marcos Zola; e o presidente do Sindicato Rural, Evandro Padovani.

 

Júlio Olivar abriu o diálogo falando dos planos da Setur para a região. Uma das urgências seria a construção de uma moderna estrutura aeroportuária em Vilhena. Outra vontade do superintendente é a transformação da cidade em estância climática. “Ajude-me a provocar na população esse desejo”, pediu aos empresários. O título de “estância climática” facilitaria a captação de recursos para investimentos no segmento turístico.

 

José Ivanildo, por sua vez, disse que por falta de condições do aeroporto local, a Trip, única companhia aérea com voos em Vilhena, parou de operar nos finais de semana. “Agora os turistas estão indo direto para Ji-Paraná. Com isso, perde principalmente nossos hotéis e restaurantes”, reclama .

 

“Precisamos encontrar maneiras de fazer dos eventos esportivos e culturais não só atividades de lazer, mas fontes econômicas”, disse Vilmar Saúgo.

 

Para Nunzio Grasso, o setor ainda carece de amadurecimento. “Em Vilhena, por exemplo, temos potencial, mas ainda trabalhamos de forma amadora, sem centro de informação, sem agregar valor às atividades”, diagnosticou.

 

“Precisamos criar um sistema de divulgação das potencialidades turísticas do Cone Sul, incentivar o turismo de negócio e pôr Vilhena na rota do turismo do Guaporé”, concluiu Olivar.

 



Fonte: Folha do Sul
Autor: Jovino Lobaz


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2017. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Sexta-Feira, 24 de Março de 2017
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871